Passeio pelos Pueblos de Montanha nas Astúrias

Asturias é uma das regiões mais belas da Espanha. Qualquer viajante que tenha visitado a serra asturiana fica maravilhado pela força das paisagens, cativada pelos seus preciosos pueblos, o calor humano de suas gentes e o valor ambiental dessa região.

A região conta com dois sistemas montanhosos em paralelo à costa, um mais próximo do litoral e outro mais para o interior, mas ambos muito fascinantes.

Ao longo desta matéria estaremos resumindo alguns destaques de cinco pueblos espanhóis, que se encontram entre as maiores belezas dos Pueblos de Montanha das Astúrias.

Espinaréu – uma aldeia de conto de fadas nas Astúrias

Se existe um pueblo que mais parece com uma fábula da natureza, este é Espinaréu, um rincão na Serra Bedular, na zona oriental das Astúrias. Assim que entrar nas suas ruas verdes poderá ver as casas rústicas de pedra, madeira e azulejos, feitas à moda antiga. É o reflexo da tradição asturiana mais representativa, visto que ainda conserva no seu território vários artesãos, entre celeiros e cestos de pão que estão praticamente extintos.

É uma paisagem idílica, romântica e encantadora. Muitos viajantes apaixonados pelo turismo rural migram para esta pequena cidade de apenas 160 habitantes que vale a pena visitar e desfrutar em todo o seu esplendor.

Cangas de Onís, um pueblo com muita história

Quem nunca viu a ponte romana, o Puentón de Cangas de Onís? Esta ponte da Idade Média é um dos recantos mais bonitos que se podem ver nas Astúrias, pura lenda. Mas não é só essa foto que te fará se apaixonar, é que toda a cidade e seus arredores são uma alegria para os viajantes.

A Basílica de Santa María la Real e a Ermita de la Santa Cruz são paradas obrigatórias para quem se preocupa o mínimo com a história desta região e deste país. Alguém não conhece Dom Pelayo?

Este município, em cujos limites vivem hoje pouco mais de 6.000 pessoas, tem o aroma daquela época romana que o leva de volta no tempo. E sim, é o espaço ideal para saborear uma boa fabada clássica asturiana com o seu chouriço e a salsicha de sangue.

Ou a tradicional e restauradora panela asturiana. A gastronomia asturiana é um dos seus pontos fortes. Você também pode desfrutar de suas festas tradicionais. Você tem que ir para esse lugar pelo menos uma vez na vida.

Salas, a “Puerta de Occidente”

Situada no centro oeste da região, Salas é uma vila mais populosa que as suas antecessoras, eminentemente medieval, e que se destaca pelo seu poder patrimonial. É uma visita obrigatória para historiadores de arte, estudiosos e viajantes que gostam de conhecer as gerações de antepassados.

Salas é uma etapa clássica do primitivo Caminho de Santiago, que não só impressiona pelo quão bem preservadas estão todas as suas atrações turísticas, como fortalezas, castelos ou igrejas. Também é temperado por paisagens de sonho ao fundo. Você não pode sair da cidade sem antes comer bem ou provar o delicioso “Carajitos do Professor” com um bom café quente.

Olloniego, reminiscências medievais

Se existe uma cidade que parece transportar seus visitantes em um túnel do tempo até a Idade Média, essa é Olloniego. A sua vila e seus arredores situam-se muito perto de Oviedo e nos seus limites podemos ver vários monumentos, que são muito impressionantes.

O Conjunto Histórico (que forma a Torre de los Muñiz, a nova capela, o palácio Los Quirós e a antiga igreja de San Pelayo) é imperdível e está classificado como Sítio de Interesse Cultural.

Mas não é só esse conjunto, também impressiona a Fuente de los Llocos, o Poço de San José ou as ruinas do Castelo de Tudela. Se o interesse do viajante é praticar caminhadas, esses maravilhosos monumentos podem ser vistos em um roteiro que liga todos esses pontos. A melhor data para visitar este município é, sem dúvida, no mês de junho, com as Fiestas de San Antonio e San Pelayo.

Gastronomia, esportes, cultura e tradição andam de mãos dadas num último fogo-de-artifício com carro alegórico e festa incluída.

Bulnes, a aldeia mais remota da Espanha

Muita atenção, porque Bulnes, à esta mini-aldeia asturiana situada nos Picos de Europa, só se chega a pé ou de funicular. É um ponto de encontro de montanhistas e outros amantes da natureza. O encanto da fauna e da flora selvagens é combinado com algumas casas de pedra que parecem ter sido tiradas de um conto de fadas.

Apesar do afastamento da vila, em Bulnes há bares para descansar daqueles longos e complicados percursos pela serra, tomar uma boa cidra, provar o queijo Cabrales e recarregar as baterias.

Tudo o que se fala desta pequena cidade fica aquém das sensações que o caminhar por seus caminhos desperta. Especialmente recomendado para pessoas aventureiras, não tanto para famílias numerosas de quem as montanhas exigem muito. Uma joia natural como poucas na Espanha.

Encerramos aqui nossa breve incursão por esta região. Muitos mais pueblos existem por lá, mas estes dão uma boa ideia do que um turista poderá apreciar nessa região da Espanha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: